Advogado Especialista

Advogado Crimes Contra A Administração Pública Codigo Penal

Conte com uma defesa forte e experiente cuidando do seu caso, do início ao fim. Clique abaixo, e fale comigo.

O Advogado Jessé Conrado atende on-line em todo o Brasil 24 horas, garantindo uma defesa robusta e experiente para o seu caso, desde o início até o fim. Especialista em diversas áreas de defesa criminal, incluindo defesa em todos os crimes, progressão de regime, recursos, defesa Maria da Penha, defesa no tribunal do júri, Habeas Corpus, justificativa e revisão criminal, o Dr. Jessé Conrado está preparado para enfrentar qualquer desafio que um processo criminal possa apresentar.

Introdução às infrações contra a administração pública

Os crimes contra a administração pública estão tipificados no Código Penal Brasileiro, abrangendo uma série de condutas que violam a legalidade e a moralidade no âmbito da gestão pública. Esses crimes comprometem a confiança da sociedade nas instituições e afetam diretamente a governança do país. Para compreender a complexidade dessas infrações, é essencial conhecer os principais artigos que as regulamentam, bem como as implicações jurídicas para os envolvidos.

Corrupção Passiva

A corrupção passiva, descrita no artigo 317 do Código Penal, ocorre quando um funcionário público solicita ou recebe, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, vantagem indevida, ou aceita promessa de tal vantagem, em razão de sua função. Esta conduta lesa a administração pública e a confiança da população no serviço público.

Elementos Constitutivos

Para que a corrupção passiva se configure, é necessário que:

  • Haja um funcionário público em exercício de função pública.
  • O funcionário solicite, receba ou aceite promessa de vantagem indevida.
  • A vantagem seja em razão de sua função pública.

Peculato

O crime de peculato, previsto no artigo 312 do Código Penal, é cometido pelo funcionário público que apropria-se de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desvia-o em proveito próprio ou alheio. Esta é uma das infrações mais graves contra a administração pública, dada a violação direta da confiança depositada no servidor público.

Modalidades de Peculato

  • Peculato-apropriação: Apropriação de bens públicos ou particulares.
  • Peculato-desvio: Desvio de bens para fins distintos do interesse público.
  • Peculato-furto: Subtração de bens, sem a posse prévia, mas com facilidades proporcionadas pela função pública.
  • Peculato culposo: Apropriação ou desvio por negligência.

Concussão

A concussão, disposta no artigo 316 do Código Penal, ocorre quando o funcionário público exige, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida. Este crime destaca-se pela coerção, onde o servidor utiliza seu cargo para obrigar terceiros a concederem benefícios ilícitos.

Características da Concussão

  • Exigência de vantagem indevida: A vantagem é obtida mediante exigência, e não apenas solicitação.
  • Uso da posição pública: A coerção é exercida pela autoridade do cargo.

Importância da defesa criminal

Enfrentar acusações de crimes contra a administração pública exige uma defesa técnica e experiente. O Advogado Jessé Conrado, com atuação online em todo o Brasil, oferece uma representação prática, consistente e qualificada em todos os assuntos de contravenção e crime, incluindo tráfico de drogas, roubo, assalto, armas de fogo, fraude, violência doméstica, ofensas e brigas de trânsito, ordens de restrição, crimes sexuais, delitos graves e crimes violentos.

Aspectos Relevantes da Defesa

  • Avaliação Inicial: Análise detalhada das acusações e das provas apresentadas pela acusação.
  • Estratégia de Defesa: Desenvolvimento de uma estratégia personalizada para cada caso.
  • Representação Legal: Defesa robusta em todas as etapas do processo, desde a investigação até o julgamento.
  • Recursos e Apelações: Preparação e apresentação de recursos em instâncias superiores, quando necessário.

Legislação e penalidades

Os crimes contra a administração pública possuem penas severas, que variam conforme a gravidade do ato e suas consequências. Abaixo, alguns exemplos de penalidades previstas no Código Penal:

  • Corrupção Passiva: Reclusão de 2 a 12 anos, e multa.
  • Peculato: Reclusão de 2 a 12 anos, e multa.
  • Concussão: Reclusão de 2 a 8 anos, e multa.

Estas penas podem ser aumentadas em casos de agravantes, como a participação de mais de uma pessoa no crime, ou a utilização de violência ou grave ameaça.

Agravantes e Atenuantes

  • Agravantes: Circunstâncias que aumentam a pena, como reincidência, abuso de poder ou função, e prejuízo significativo ao erário.
  • Atenuantes: Circunstâncias que podem reduzir a pena, como a confissão espontânea e a reparação do dano antes do julgamento.

O enfrentamento de acusações de crimes contra a administração pública requer um advogado especializado e com vasta experiência na advocacia criminal. O Advogado Jessé Conrado está disponível 24 horas online, em todo o Brasil, para oferecer uma defesa técnica e eficiente, garantindo a melhor representação legal possível.

Se você está enfrentando um processo criminal, entre em contato com o Dr. Jessé Conrado para uma avaliação inicial e conte com uma defesa forte e experiente cuidando do seu caso, do início ao fim.

CONTATO

Este artigo é uma fonte abrangente de informação sobre os crimes contra a administração pública e a importância de uma defesa criminal robusta e experiente. Não hesite em buscar ajuda legal especializada para garantir seus direitos e uma defesa justa.

 

Advogado Crimes Contra A Administracao Publica Codigo Penal

Conteúdo